Videos Relacionados

Loading...

terça-feira, 31 de agosto de 2010

A Análise do Comportamento - os níveis de seleção do comportamento

Agora que sabe-se mais sobre a Análise do Comportamento, é importante entender a forma como o comportamento humano é compreendido nessa ciência. São três os níveis de seleção do comportamento: filogenético, ontogenético e cultural.

  • Filogenético: são aqueles comportamentos com os quais nascemos, por exemplo, a resposta da pupila diante da luz. São estes os comportamentos reflexos. São selecionados ao longo da história evolutiva da espécie e todos os indivíduos pertencentes a ela os terão em seu repertório comportamental.
  • Ontogenético: são aqueles comportamentos adquiridos ao longo da vida do indivíduo, como cantar, falar, escrever. São os comportamentos operantes (operam no ambiente e produzem consequências). São selecionados ao longo da história de vida do indivíduo e cada pessoa possui repertório individual e diferente das demais.
  • Cultural: são aqueles comportamentos compartilhados com os grupos nos quais estamos inseridos, como festividades, costumes e crenças. São também comportamentos operantes mais a um nível mais complexo, pois envolvem mais de um indivíduo. São selecionados ao longo da história de vida do grupo e passados verbalmente de um indivíduo para o outro.

Sabendo disso, fica mais claro compreender o fenômeno da obesidade de acordo com essa abordagem. Entende-se a obesidade como produto desses três níveis. Um indivíduo pode ter predisposição à obesidade, como genética favorável. Ainda, ao longo de sua vida pode aprender padrões de comportamento que favoreçam essa condição, como padrão alimentar parental hipercalórico, não ser estimulado a praticar exercícios físicos ao longo da vida e etc. A nível cultural, é comum vermos comida envolvida em qualquer tipo de comemoração. A alimentação representa, em nossa cultura, muito mais do que necessidade nutricional para a sobrevivência. Comida é vista como fonte de prazer e deve estar presente em todos os momentos, ainda mais de comemoração.
A Análise do Comportamento é ampla o suficiente para compreender o fenômeno. Por isso, o psicólogo embasado por essa abordagem possui em sua atuação ferramentas as quais o auxiliam a entender as causas histórias e atuais da condição do indivíduo que sofre de obesidade e ainda entender a fundo o que mantém esse indivíduo nessa condição. Dessa forma, torna-se mais acessível estruturar intervenções de acordo com a individualidade de cada pessoa, e assim, aproximam-se mais da eficácia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário